Comentários fechados em José Cruzio

José Cruzio

“ERASED LANDS" de José Cruzio

Periplus
Residências Artísticas

Data: 2023
Localização: Centro Cultural e Recreativo de Benagouro- Vila Real

Em ERASED LANDS, evoco Baudelaire no exercício de uma flanêrie – deambulação estética– na realidade, física e constitutiva, do lugar que é o espaço Coêdo/Benagouro e Samardã.

No ato de caminhar, o apreender e captar um lado invulgar de pormenores aparentemente banais -para os habitantes locais – da paisagem vivente era o desafio.
O “congelar”, através da imagem digital, os diversos momentos desse mesmo ato de caminhar e consequente apreensão estética foi o seu resultado.
Do conjunto fotográfico, selecionei uma das imagens como paradigma do projeto ERASED LANDS/José Crúzio e sendo exposta definitivamente no espaço de Benagouro.

Uma imagem deveras ambígua e impressa em tela, de uma aparente montanha de pedra “expelindo” uma Lua cheia ao longe. A aparência da “montanha” é desmascarada pela presença, quase impercetível, de um fio de eletricidade que atravessa os céus por cima da mesma “montanha”. Neste jogo imagético é-nos revelada, finalmente, a configuração de uma das pedras existentes no exterior do Centro e o invulgar momento resultante da sua “junção “com a Lua cheia no horizonte.

A aparente banalidade transfigura-se numa grata peculiaridade: a visão num espaço-tempo (o momento) e a inusitada imagem captada no mesmo espaço-tempo e que sumaria a minha leitura, estética e sensível, do lugar, com as suas paisagens modeladas pelo clima, orografia, história e, principalmente, suas gentes.

De uma genuína e grata “Lua Cheia, [com] Arte na Aldeia”

José Crúzio

@ Lino Silva