Expressão Dramática e Teatro

Expressão Dramática e Teatro

Periplus
Serviço Educativo

Classificação etária: > 3 anos.
Duração aproximada: ? minutos.

Numa época em que as crianças crescem a interagir umas com as outras através de aparelhos digitais é de suma importância uma atividade como a Expressão Dramática, na medida em que permite às crianças trabalhar a expressão das emoções, sentimentos, ideias e pensamentos. É também uma ferramenta extraordinária para a prática individual e coletiva da comunicação interpessoal. Além disso potencia o conhecimento do corpo e da voz, desenvolve a memória, a capacidade de observação e a imaginação. Tudo isto significa estabelecer uma relação com o mundo e com os seres humanos. Por isto a Expressão Dramática adquire um valor educativo importante já que permite desenvolver globalmente um conjunto de atitudes, procedimentos e conceitos interdisciplinares que ajudam a criança a tomar consciência da realidade que o envolve.

Estratégias de Acção: As atividades serão organizadas à volta de dois grandes blocos: Perceção e Expressão.

Perceção: Propõe a observação e a análise da realidade. Inicia-se com a exploração através de actividades lúdicas dos elementos que as crianças podem observar no seu meio mais próximo, desenvolvendo a sua sensibilidade e integrando estes elementos numa espécie de representação interiorizada que lhes permitirá posteriormente uma melhor capacidade expressiva.

Expressão: A partir da fase da perceção a criança irá desenvolver a sua capacidade de exploração de possibilidades expressivas. Aqui, através da aprendizagem de uma série de técnicas e linguagens artísticas, a criança começará a desenvolver a expressão pessoal, a capacidade criativa e a experimentação de estratégias próprias de resolução de problemas.

Objetivos: Desenvolver nas crianças a sensibilidade e a capacidade expressiva que as auxiliem a um melhor relacionamento com o Meio.Desenvolver o valor educativo do Teatro na escola. Valorizar o tempo que as crianças passam na escola realizando atividades que promovam o seu desenvolvimento como seres humanos plenos e íntegros.

Formadores:
Sónia Botelho (1976) – Atriz profissional desde 1997. Formadora no domínio do Teatro na Educação e Teatro Social e Comunitário. Formação superior na Rose Brufford College em Londres. EM 2015 Cria, encena e interpreta o projeto «Não interessam as rosas» ao qual foi atribuído o prémio VIDArte – A arte contra a violência doméstica, pelo CIG – Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

Apoio

Patrocínio

Parcerias Locais

Parcerias Estratégicas 2018 / 2021